sexta-feira, 16 de setembro de 2011

BASQUETEBOL



IDENTIFICAÇÃO

     O Basquetebol é um jogo colectivo, jogado por 2 equipas, cada uma com 5 jogadores de campo e 5 suplentes.
     O objectivo do jogo é introduzir a bola no cesto da equipa adversária (acção ofensiva) e impedir que a bola entre no nosso cesto (acção defensiva).
     O jogo tem 4 períodos com a duração de 10 minutos cada.
     Há intervalos de 2 minutos entre o 1º e o 2º período e entre o 3º e o 4º período e antes de cada período suplementar.
     O intervalo entre o 2º e o 3º período (meio-tempo de jogo) tem a duração de 15 minutos.
     Cada equipa tem direito a 1 desconto de tempo em cada um dos primeiros 3 períodos e períodos suplementares, e 2 descontos de tempo durante o 4º período.
     Cada desconto de tempo tem a duração de 1 minuto.
     Um lançamento de campo convertido, quando é realizado dentro da linha dos 6,25m (inclusivé) vale 2 pontos. Quando realizado fora desta linha vale 3 pontos.
     O lançamento livre é realizado com o jogo parado e é utilizado para sancionar uma infracção de uma das equipas. A sua concretização vale 1 ponto.
     Vence o jogo a equipa que no final dos 4 períodos obtiver o maior número de pontos. Se as equipas estiverem empatadas, o jogo continua por um período suplementar de 5 minutos, ou quantos forem necessários para desempatar o jogo.
     Qualquer jogador pode ser substituído ou substituir um companheiro da equipa.



REGRAS

A equipa de arbitragem é constituída por:
- 2 árbitros, com as funções de dirigir o jogo, assinalar as infracções e vigiar a conduta dos jogadores;
- 1 marcador, que regista os pontos obtidos pelas equipas, as faltas pessoais e técnicas de cada jogador e avisa o árbitro após ter sido assinalada a 5ª falta a qualquer jogador.
- 1 cronometrista, que controla o tempo de jogo e os descontos de tempo.
- 1 operador, que deve assinalar os 24 segundos, parar o cronómetro do tempo de jogo e assinalar os 8 segundos, para sancionar a equipa que reteve a bola na sua zona defensiva.

     O jogo inicia-se com o lançamento da bola ao ar, realizado pelo árbitro, no círculo central, entre 2 jogadores adversários.



INFRACÇÃO

     Um jogador comete uma infracção quando não respeita as regras do jogo.
    
     Há 2 tipos de infracções: a violação e a falta.
    
     Violação – É a infracção que um jogador faz em relação à bola ou em relação à marcação do terreno de jogo.
    
Infracções em relação à bola:
- Bater intencionalmente com qualquer parte da perna ou socar a bola.
- Efectuar mais de 2 apoios com a bola nas mãos (passos);
- Driblar, agarrar a bola e voltar a driblar (2 dribles);
- Permanecer com a bola nas mãos, parado, mais de 5 segundos;
- Uma equipa, em acção atacante, possuir a bola e não a lançar durante 24 segundos.

Infracções em relação às marcações do terreno de jogo:
- Jogar a bola fora do campo, quando toca o solo sobre ou para além das linhas de jogo;
- Permanecer mais de 3 segundos, sem bola, na área restritiva da equipa adversária. Não se aplica se: a bola está no ar durante uma tentativa de cesto; durante um ressalto; quando a bola está “morta”;
- Passar a bola da zona de ataque para a sua zona de defesa (linha de meio campo);
- A equipa de posse da bola demorar mais de 8 segundos a passá-la da zona de defesa para a zona de ataque, isto é, transpor a linha de meio-campo.

     A equipa que comete uma violação perde o direito à posse de bola. A bola é reposta em jogo por um jogador da equipa contrária, atrás da linha lateral, no ponto mais próximo do local da violação.

Falta Pessoal (contacto pessoal) – Verifica-se quando um jogador:
- Entra em contacto com qualquer parte do corpo (toca, empurra, agarra), impedindo a progressão de um adversário que está na posse da bola;
- Agarra um jogador da equipa adversária, não permitindo a sua liberdade de movimentos.

Se a falta pessoal é cometida sobre um jogador aquando do lançamento:
- Se o cesto for convertido, é válido e há direito a mais 1 lançamento livre, efectuado pelo jogador que sofre a falta;
- Se o cesto não for convertido, o jogador que sofre a falta tem direito a efectuar 2 lançamentos livres, ou 3 lançamentos livres se a falta for cometida fora da linha dos 6,25m.

     Se a falta pessoal não for cometida no acto do lançamento, é reposta pela linha lateral, no ponto mais próximo do local onde ocorreu a falta.

Falta Antidesportiva – É a falta cometida deliberadamente por um jogador. É averbada 1 falta pessoal ao infractor e são concedidos 2 lançamentos livres ao jogador que sofre a falta.

Falta Técnica – Quando um jogador:
- Dirige-se desrespeitosamente aos árbitros, utiliza gestos ou linguagem inapropriada;
- Levanta tardiamente o braço quando é marcada 1 falta pessoal. (...)

     Por cada falta técnica é averbada uma falta técnica ao jogador que a cometeu e é assinalado 1 lançamento livre à equipa contraria. Quando a falta técnica é cometida pelo treinador são concedidos 2 lançamentos livres.
Depois de executado o lançamento livre, devido a 1 falta técnica ou antidesportiva, a bola é reposta em jogo pela equipa que sofre a falta, próximo da linha central, fora do campo.

5 Faltas – O jogador que comete 5 faltas, pessoais ou técnicas, abandona o jogo e é substituído por outro.

4 Faltas por equipa – Quando 1 equipa atinge 4 faltas, pessoais ou técnicas, num período, todas as faltas seguintes dos seus jogadores são penalizadas com 2 lançamentos livres.



REPOSIÇÃO DA BOLA EM JOGO

     Após a conversão de um cesto, a bola é reposta em jogo atrás da linha final, debaixo da tabela.
     Quando a bola sai pela linha final ou pela linha lateral, a sua reposição é feita atrás desta e no local em que saiu.
     Quando ocorre uma situação de bola presa ou dupla falta, a bola é reposta com um lançamento de bola ao ar, no círculo mais próximo do local, onde se verificou a paragem do jogo.

Clica na imagem